Bem Vindo ao Espaço Più Vita.

Atendimento: Segunda a sexta-feira, das 7h às 20h
  Contato : (65) 3056-7800

NÚCLEO DE SAÚDE

Odontologia, Nutrição, Psicologia, RPG, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Hidroterapia, Terapia ocupacional e Laboratório. Um centro de saúde completo para você!

Odontologia

A Clínica Odontológica Più Vita conta com várias especialidades e tratamentos, com o objetivo de proporcionar saúde bucal e estética do sorriso de forma plena. Somos uma equipe que prima pela qualidade, com profissionais que estão em constante atualização científica e tecnológica para dispor ao cliente o que há de mais moderno, seguro e cientificamente comprovado na odontologia.

Conheça nossos tratamentos e especialidades:

1. Cirurgias avançadas
Hoje em dia, graças às técnicas avançadas, podemos recorrer a cirurgias complexas que solucionam problemas ósseos que até pouco tempo nos impediam de reabilitar alguns pacientes. Estamos preparados para cirurgias de levantamento de seio maxilar, enxerto ósseo, cirurgia pré-protética com instalação de implante, cirurgias para correção de sorriso gengival, extrações múltiplas para instalação de implantes (protocolo superior e protocolo inferior), entre outras.

2. Endodontia
Tratamento de canal é o outro nome pelo qual é conhecida a endodontia. É um procedimento necessário em casos de alterações por cárie, fraturas dentárias, traumas e lesões na gengiva. O procedimento evita a extração do dente e previne infecções graves, além de eliminar a dor.

3. Implantodontia
Os implantes dentários são, na verdade, raízes artificiais instaladas nos ossos da mandíbula ou da maxila. Eles são necessários quando a raiz do dente está danificada ou é considerada perdida. O maior benefício é poder ter a reabilitação da mastigação e ainda devolver a autoestima do paciente por sua característica estética. Os implantes substituem próteses removíveis e dentaduras, o que traz muito mais segurança.

4. Periodontia
Má higiene, fumo, estresse, baixa imunidade e maus hábitos alimentares. Todas essas são causas de um dos males da boca: a doença periodontal. Com o comprometimento dos tecidos periodontais (gengivas e estrutura óssea), há o sangramento da gengiva e a sensação de mobilidade dos dentes, além do mau hálito (halitose).

A remoção de placa bacteriana é responsável pela diminuição de infecções bucais, cura de inflamações, interrupção da supuração e de sangramentos e prevenção de doenças da boca.

5. Ortodontia
Além da questão estética, a ortodontia, que consiste no uso de aparelhos ortodônticos, serve também para manter a saúde dos dentes. Corrigir a posição dos dentes assegura que a limpeza deles seja bem feita regularmente. Além de tudo isso, uma arcada com dentes fora da posição pode causar dor de cabeça e na região do pescoço, ombros e coluna. Até a respiração, deglutição e fala podem ser afetadas quando há distúrbios de oclusão (encaixe dos dentes).

6. Odontologia estética
Beleza e funcionalidade: é disso que trata a dentística (ou odontologia estética). Essa área é especializada em aliar a harmonia do sorriso com a utilidade prática dos dentes. É nesse âmbito que tratamos do clareamento dos dentes, uso de resinas diretas, facetas, restaurações estéticas e “lentes de contato” dentais.

Os benefícios trazidos pela dentística aos pacientes são tão importantes quanto o tratamento de uma cárie, por exemplo, e a razão disso é o aumento da autoestima e segurança do paciente.

7. Prótese dentária
Restabelece a estrutura e o sistema mastigatório do paciente. Poucos se dão conta de que, além de esteticamente indesejada (o que afeta a autoestima), a falta de dentes ocasiona dificuldades de mastigação e mudança na estrutura da face e da forma de falar.

8. Odontologia do sono
O ronco, a apneia e o bruxismo são os distúrbios estudados e corrigidos com a odontologia do sono. O diagnóstico é feito por meio da observação (monitoria) do sono do paciente. Somente depois de diagnosticado é possível indicar o tratamento mais apropriado. Existem situações em que é preciso lançar mão de aparelhos, como as placas protetoras ou até mesmo procedimentos cirúrgicos.

9. Tratamento de halitose
A halitose (mau hálito) manifesta-se como um sinal de que algo não está bem. Por isso, é tão importante consultar um especialista.

10. Estomatologia
Avalia o paciente, diagnosticando alterações existentes na boca (língua, mucosa, ossos etc.), utilizando-se de exame clínico ou radiografia. Pode ser necessária também, dependendo do caso, a realização de biópsia para confirmar o diagnóstico.

Fisioterapia

Estuda, trata e previne as disfunções do movimento por meio de recursos terapêuticos próprios. O fisioterapeuta avalia todas as condições motoras e funcionais do paciente, para assim definir os recursos a serem utilizados, a frequência das sessões e o programa de tratamento. As sessões são realizadas por profissional capacitado, individualizadas, com duração média de uma hora.

As terapias mais comuns são a eletroterapia, para alívio de dor e inflamação ou fortalecimento muscular; a termoterapia, que utiliza frio ou calor para promover relaxamento muscular e alívio de dor e inflamação; e a cinesioterapia, com exercícios para estimular o movimento, por meio de alongamento, fortalecimento muscular, treino de equilíbrio e propriocepção, exercícios funcionais e manobras respiratórias.

A fisioterapia é indicada como tratamento adjuvante nas dores e problemas das articulações de maneira geral, como coluna, joelho, quadril e ombro. Desempenha papel fundamental no tratamento de doenças como osteoartrite, fibromialgia, fraturas decorrentes da osteoporose, bem como os cuidados no pré e pós-operatório de cirurgias ortopédicas.

Atua ainda na reabilitação e promoção de saúde dos pacientes com doenças neurológicas, como derrame cerebral, Parkinson e Alzheimer, e doenças respiratórias como bronquite, asma, enfisema pulmonar e broncopneumonia.

Conheça algumas modalidades dentro da fisioterapia da Più Vita:

  • RPG – Reeducação Postural Global

É um método manual que permite a reorganização e o reequilíbrio dos músculos por meio de variadas posturas (sentada, deitada, em pé), aplicado por um fisioterapeuta com a formação em RPG Souchard.

Pode ser indicado tanto para prevenir como para tratar as disfunções dos músculos, nervos e articulações, em qualquer idade. Age contra diversas patologias musculoesqueléticas (dores na coluna, pernas e braços, hérnias de disco, torcicolos), doenças respiratórias (asma, bronquite), somáticas (estresse, distúrbios circulares e digestivos), reumatológicas (artrite, artrose, bursite, tendinite), oculares (estrabismo).

Trata-se o indivíduo, e não apenas a doença. Por isso, o trabalho é sempre personalizado, individualizado e global.

  • Hidroterapia 

É um recurso da fisioterapia que utiliza as propriedades da água na prevenção e no tratamento de diversas patologias. Consiste na realização de exercícios específicos em piscina, visando obter uma melhor e mais rápida recuperação do paciente.

Entre seus benefícios, destacamos a melhora na consciência corporal, equilíbrio e estabilidade do tronco, redução da ação da força da gravidade, redução na descarga de peso, melhora da capacidade respiratória, redução da sensibilidade à dor, maior mobilidade articular e melhora na autoconfiança do paciente.

As indicações mais comuns são para dores cervicais e lombares, osteoartrite, bursites, hérnia de disco, sequelas de derrames cerebrais e paralisia cerebral, lesões traumáticas como entorses, fraturas, luxações, pré e pós-operatórios, gestantes, entre outros.

As sessões são individualizadas e realizadas em piscina coberta e aquecida, tratada pelo método de ionização.

  • Fisioterapia uro-ginecológica

Modalidade da fisioterapia voltada para tratamento das incontinências urinária e fecal, com grande impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes.

Auxilia também no preparo do parto normal da gestante, assim como no acompanhamento e recuperação no puerpério.

Sessões individualizadas, por profissional especializado na área.

Terapia Ocupacional

É a ciência da saúde que promove o desenvolvimento, tratamento e a reabilitação de indivíduos que necessitam de cuidados físicos, sensoriais, psicológicos e sociais, de modo a ampliar seu desempenho e participação social.

Para alcançar os resultados desejados, o terapeuta ocupacional faz uso de atividades lúdicas, artesanais, da vida diária, oficinas de memória, de culinária, de beleza, jogos, levando-se em conta os aspectos anatômicos, fisiológicos, psicológicos, sociais, culturais e econômicos de cada pessoa.

Na atuação com o idoso, desenvolvem-se condições de lidar com seus potenciais e a partir daí construir uma maneira própria de se relacionar com o meio social, atuando nele com mais autonomia. Basicamente, procura-se que o idoso tenha um desempenho mais independente possível, enfatizando as áreas de autocuidado, do trabalho remunerado ou não, do lazer, da manutenção de seus direitos e papéis sociais, tudo isso gerando uma melhoria na autoestima.

Integrar o paciente à sua própria comunidade, tornando-o o mais independente possível, incentivar e estimular a pessoa a continuar fazendo planos, ter ambições e aspirações, enfatizar os aspectos preventivos do envelhecimento prematuro e de promoção de saúde, e reabilitar o indivíduo com incapacidade física ou mental. Tais objetivos estão na dependência do estado de saúde do indivíduo, do seu grau de independência nas atividades da vida diária (AVD) e no seu grau de interesse e participação.

Dentre as principais patologias e disfunções atendidas pela Terapia Ocupacional, destacam-se os Acidentes Vasculares Cerebrais, Parkinson, Alzheimer e diversos tipos de demência, doenças reumáticas e artríticas, sequelas decorrentes de doenças crônico-degenerativas como o diabetes, as neoplasias, entre outras.

As sessões são realizadas pela terapeuta ocupacional, individuais ou em grupo, com cerca de 1 hora de duração.

Nutrição

Psicologia

Laboratório

Possuímos um posto de coleta de exames de análises clínicas, agregando comodidade e conveniência para o cliente.